Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

GTranslate

pten

Opções de acessibilidade

 
Início do conteúdo da página

CORREIO DE CARAJÁS: Unifesspa inaugura usina de energia solar em Santana

Publicado: Quarta, 12 de Janeiro de 2022, 11h34 | Última atualização em Quarta, 12 de Janeiro de 2022, 11h34 | Acessos: 21

 

SUSTENTABILIDADE

 

Avançando mais um passo na direção da sustentabilidade energética, na manhã desta sexta-feira, dia 22 de outubro, foi inaugurada a usina de geração de energia fotovoltaica do campus da Unifesspa em Santana do Araguaia. Com superfície total de captação de 622 m² e capacidade instalada de 97,65kWp, a usina deve gerar quase 10 mil kWh/mês. Com isso, a projeção é gerar 100% da energia consumida pelo campus.

A cerimônia, restrita a poucos convidados e seguindo os protocolos de biossegurança, contou com a presença de dirigentes da Unifesspa, do Deputado Federal Joaquim Passarinho, que destinou recursos para aquisição dos painéis, do prefeito da cidade, Eduardo da Machado, entre outras autoridades locais e representantes da sociedade civil.

“O projeto do parque de energia solar da Unifesspa já se tornou referência entre as IFES. Aqui em Santana, hoje, 100% da energia é produzida por nossa usina. Isso mostra que a universidade está preocupada não apenas com a sua própria sustentabilidade energética, mas também com as questões ambientais”, declarou o secretário de infraestrutura da Unifesspa, Lucas França, durante a apresentação do projeto.

A vice-reitora, Lucélia Cavalcante, salientou que a relação de diálogo entre a universidade com todos os setores sociais, desde as escolas até a classe política. “O sucesso que temos hoje aqui nessa região é exemplo para outros campi e outros municípios. A Unifesspa se instala aqui para atrair pessoas e profissionais na cidade e na região”.

Durante seu pronunciamento, o reitor da Unifesspa, prof. Francisco Ribeiro, agradeceu o empenho do deputado Joaquim Passarinho junto ao campus de Santana na liberação de emenda individual e na articulação para emendas da bancada paraense. “Esse apoio é fundamental neste momento em que as universidades públicas estão com baixo orçamento de investimento”, declarou.

Ribeiro pediu, ainda, mais um apoio do deputado na liberação de emenda de bancada para as universidades em 2022. “Um sonho de Santana é abrir mais cursos, como o de agronomia. Então, seu apoio é fundamental junto ao MEC no pedido de liberação de vagas para docentes e técnicos. Somente assim conseguiremos abrir novos cursos fora de Marabá”.

A sociedade civil também se fez presente na solenidade de inauguração. O empresário Nilton Militão declarou estar à disposição para ajudar no que for necessário e frisou a necessidade de melhorar a base da educação para que os alunos de Santana ingressem na Unifesspa. “A educação é de extrema importância para a nossa sociedade. É um patrimônio para a vida inteira”.

A relevância dos investimentos em educação também esteve presente na fala do prefeito da cidade. O chefe do executivo municipal ponderou que “Santana do Araguaia passa por um momento muito importante. Precisamos estar antenados as engrenagens de movimento da cidade, contribuir para o desenvolvimento da cidade. Por meio das políticas públicas fazemos isso”, disse.

Por fim, o diretor-geral do IEA, prof. Carlos Maviael, comemorou mais esse avanço na infraestrutura e destacou a contribuição corpo social que se empenha em construir uma universidade cada vez melhor. “Aqui temos equipamentos que nem universidades de grande porte possuem. Com o que já temos hoje, a Universidade poderá fazer perícias em prédios e casas, no que diz respeito ao conforto térmico, por exemplo”

0
0
0
s2sdefault
registrado em:
Fim do conteúdo da página