Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

pten

Opções de acessibilidade

Início do conteúdo da página

PREFEITURA DE MARABÁ: SMSI: Audiência na CMM discute transporte coletivo com universitários

Publicado: Segunda, 09 de Mai de 2022, 15h24 | Última atualização em Segunda, 09 de Mai de 2022, 15h24 | Acessos: 793

Veículo:  Prefeitura de Marabá

Data: 05/05/2022

Link: https://maraba.pa.gov.br/mobilidade-audiencia-cmm-transporte-publico/

 
 
 

A rota universitária foi tema de audiência pública na manhã de quinta-feira (06) realizada no auditório da Câmara Municipal de Marabá. Centenas de estudantes participaram da audiência conduzida pelo representante da Comissão de Educação, vereador Elói Ribeiro. 

“As nossas demandas precisam ser atendidas como por exemplo: passe livre,  bilhete único,  ampliação da rota universitária e também a necessidade de debater sobre a mobilidade urbana”. falou Maísa Nascimento, representante dos estudantes da Unifesspa.

Maísa Nascimento, representante da classe estudantil da Unifesspa, apresenta as reivindicações para a melhoria do transporte público

De acordo com o contrato firmado com a empresa Integração, responsável pelo transporte público, a empresa deve colocar  77 ônibus nas ruas de Marabá, sendo 25% com ar-condicionado e com gps.   “Nós da Secretaria de Segurança Institucional temos  uma comissão formada para fiscalizar o transporte público. Essa comissão está fazendo o levantamento de novas rotas que estão em discussão. A rota universitária já está  concluída, mas  é claro que precisa melhorar” explica o Diretor do DMTU, Josenilson Silva.

Diretor do DMTU, Josenilson Silva, informa sobre a comissão que fiscaliza o transporte público e discute o levantamento de novas rotas

Por dia,  milhares de pessoas necessitam da utilização dos serviços de transporte públicos. Uma das queixas apresentadas na audiência foi em relação a quantidade de horas que o usuário passa nos pontos de parada aguardando pelos ônibus.  

“A comissão tem fiscalizado in loco, tanto nas paradas como na própria empresa e a quantidade de ônibus não atende nem a rota universitária e nem a população em geral. A gente vê que precisa aumentar a quantidade de ônibus na cidade”, explica Guibson Santis, da Comissão Especial de Trabalho de Fiscalização.

Guibson Santis explica que a Comissão Especial de Trabalho verifica os ônibus nas rotas, para cobrar atendimento adequado aos usuários

A Audiência teve início às 10 horas e mobilizou a categoria estudantil, que lotou a a plenária da Câmara.  Jair Barata, Secretário de Segurança Institucional e presidente do Conselho de Transporte, informa que a empresa está se adequando aos requisitos que foram exigidos.  

Secretário de Segurança Institucional, Jair Barata, ressalta que agora saindo da pandemia, serão cobradas melhorias no transporte coletivo

“Nós viemos de uma pandemia e os últimos estudo mostram que a empresa teve prejuízos, pois as escolas e universidades ficaram paradas e fizemos um subsídio, que foi aprovado para vale transporte e a uso de gratuidade no valor de até 200 mil. Mas até o momento a empresa não recebeu e para isso vai ter que comprovar que está atendendo a gratuidade. Agora, saindo da pandemia, vamos cobrar a melhoria em todas as rotas, vamos cobrar os mais de 70 ônibus, pois a empresa vai ter que aumentar a frota, vamos cobrar melhoria no transporte e no serviço público. Queremos enfatizar que prefeito está sensível a essas melhorias”. Disse Jair Barata.

Texto: Susana Galvão

Fotos: Secom 

registrado em:
Fim do conteúdo da página